sábado, 27 de novembro de 2021

squid game (netflix)

   

[ muito bom ]

título original.
ojing-eo geim ("jogo da lula").
género. acção. drama. thriller.
episódios. 9 (8h 08min)
ano.
 2021

realização e argumento. hwang dong-hyuk.

protagonistas. lee jung-jae. park hae-soo. jung hoyeon. heo sung-tae. oh yeong -su.
sinopse. centenas de pessoas endividadas participam num jogo de sobrevivência com um prémio milionário. [imdb]
 
---

squid game é uma série sul-coreana que quebrou recordes de visualizações e atiçou controvérsias pela violência presente em várias cenas. 
 
nas últimas semanas, qualquer pessoa com uma conta numa aplicação de social media, acesso a jornais e/ou ao netflix, terá visto/lido/tido como sugestão squid game ou algo relacionado ao seu universo.


a série começa focada numa personagem, num tom cómico-trágico. pouco depois, esse homem torna-se um entre dezenas de outras pessoas, todas classe baixa ou média, endividadas até aos olhos e desesperadas por dinheiro, que incluem desertores da coreia do norte, criminosos, viciados em jogo/drogas, etc. 
 
mesmo para quem não viu a série nos primeiros dias em que saiu - e a breve descrição era clara que a história era de sobrevivência -, é altamente improvável que quem comece a ver squid game pense que vai ser uma série de tom brando, de interajuda ou superação. isso são temas secundários (não menores), visto que o enfoque é no impulso capitalista e de ganhar a todo o custo. o que equivale a dizer, neste contexto, que quem fica para trás, não sobrevive.
 
 
há ainda uma história paralela à principal - onde os concorrentes se batem entre si pelo prémio final (sobreviverem + arrecadarem um jackpot fabuloso) -, que é a de um polícia que se infiltra no complexo onde decorre o "jogo" e nos mostra os bastidores da operação. permite-nos ver o nível de organização e complexidade envolvidos; também nos mostra como todos os anos há uma edição de squid game, tal é a quantidade de potenciais concorrentes.
 
é bastante interessante a forma como a série retrata os concorrentes, a maioria constituída por pessoas sem nada a perder, dispostas a tudo para sobreviver, incluindo pôr de lado valores de lealdade e integridade. o protagonista da série é inicialmente retratado como um jogador inveterado, pouco merecedor da nossa simpatia. mais tarde, percebemos que foi vítima de um despedimento colectivo que o privou de um salário digno. isso cimenta a sua imagem de "boa pessoa" e de "justo vencedor", o único concorrente que se precocupa com os outros e que acredita que ninguém é descartável.

 
as metáforas em squid game não são subtis. a crítica ao sistema capitalista é feita sem qualquer nuance. o retrato dos vip que financiam o jogo é estereotipado. não é uma série perfeita, é uma série muito forte, no seguimento de várias obras de ficção que lidam com a desigualdade social e a concentração da riqueza e poder num pequeno grupo de pessoas (battle royale; hunger games; us; parasite; snowpiercer).
 
squid game é uma série excelente, com um óptimo elenco, um argumento interessante e um ritmo adictivo q.b. cinco estrelas também para a estética: cenários e a paleta de cores, dominada por verdes, rosas, amarelos e vermelhos. 
 
com um tom fortemente crítico de uma sociedade sobre-endividada, lida com temas sensíveis, claramente dirigido a um público adulto. o "final feliz" deixa-nos a pensar muito tempo depois dos créditos acabarem.  

»»»
. life is like a game, there are many players. if you don’t play with them, they’ll play with you .
»»»

domingo, 14 de novembro de 2021

promising young woman / uma miúda com potencial

 

[ fenomenal ]

título original. promising young woman.

género. crime. drama. thriller.
duração. 1h 53min
ano.
 2020

realização e argumento. emerald fennell.

protagonistas. carey mulligan. connie britton. alison brie. bo burnham. adam brody.
sinopse. uma jovem de 30 anos, traumatizada por um evento passado, vive uma vida secreta em que se finge embriagada para confrontar os homens que se tentam aproveitar dela. [imdb]
 
---

promising young woman entrou directamente na minha lista de favoritos quando o vi pela primeira vez. um segundo visionamento, umas semanas depois, cimentou a ideia. é um filme espectacular.
 
na página de imdb correspondente, está a indicação de que o filme, até à data, das 171 nomeações a vários prémios da 7.ª arte, ganhou 110, entre os quais o óscar para melhor argumento original. a realização de fennell e a interpretação de mulligan foram justamente premiadas em várias ocasiões (apenas não nos óscares).

Fonte: Google Search Engine
 
o título é uma "piada" sobre várias acusações passadas a jovens universitários norte-americanos acusados de alegadas agressões sexuais a colegas/ex-namoradas/jovens mulheres e como os media - ou os magistrados envolvidos nos casos que vieram a público - os caracterizarem como "jovens promissores" que cometeram um erro/tomaram uma má decisão num estado de embriaguez/outros derivados e a quem deve ser dada uma oportunidade - i.e., não os pondo na prisão.
 
o título em português não foi, na minha opinião, a escolha mais feliz, aligeirando o tema do filme e falhando em capturar o real significado (e as nuances) que o original transmite.
 
Fonte: Google Search Engine
 
cassie, a protagonista, era, ela mesma, uma jovem promissora: uma das melhores alunas de medicina da sua turma, inteligente e perspicaz, com uma vida confortável e pais atentos... até algo ter mudado tudo. este algo demora a ser revelado no filme, mas há pistas. 
 
entretanto, vamos tentando perceber o que poderá ter acontecido para cassie passar a ter utilizado a sua astúcia e determinação para agir como uma espécie de justiceira, indo a bares e discotecas e fingindo-se embriagada para confrontar os homens (os "nice guys") que, sob a aparência de a tentarem ajudar, se tentam aproveitar do seu estado de incapacidade temporária.
 
Fonte: Google Search Engine

o argumento, e diálogos, são uma mistura de humor e brutalidade, com cassie a dizer coisas que confrontam a outra pessoa com preconceitos e ideias que não caem bem ser ditas sobre o patriarcado e as expectativas sobre os sexos, ajudando a navegar uma série de tópicos delicados sem deixar o espectador tão pouco à-vontade que o visionamento se torne demasiado desconfortável. 
 
cassie não é uma heroína convencional e tem uma bússola moral questionável, mas as consequências das suas acções reflectem, efectivamente, a discriminação e o sexismo de um sistema que acaba por proteger o agressor mais do que protege a vítima (quando o faz, de todo). é isso que vai acabar por fazer escalar as suas acções, que começam por ser actos inofensivos (o objectivo de cassie é assustar os "nice guys" e levá-los a admitir que as suas boas intenções não são puras e apenas justificadas pelo fim que esperam alcançar: ter sexo com alguém que não pode expressar consentimento).

Fonte: Google Search Engine

o final reflecte na probabilidade do "bem" prevalecer. fá-lo num tom amargo, levantando várias interrogações que poderão levar a respostas desanimadoras.
 
promising young woman salda-se num filme brutal com uma mensagem poderosa, esteticamente imaculado, com diálogos magistrais e interpretações excelentes, além de uma banda-sonora mais-do-que-pertinente - tem tudo para se tornar um clássico. triunfal.

»»»
. can you guess what every woman's worst nightmare is ?
»»»

Fonte: Google Search Engine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...